4 de maio de 2017

Deslumbre



Deslumbre
Suzette

Quisera gritar como adolescente da casa vizinha,
correr do Bicho papão
como na infância minha,
retornar alguns anos quando a vida era esperança
e o sonho, ilusão audaz.
Quisera o tempo parasse de voar
que a luz me estacionasse
no tempo que não se caminha
nem pra frente nem pra trás.
Quisera gritar, cantar, dançar,
chorar pela avenida, aquela,
numa tarde de chuva grossa,
sentir o que era espontâneo
e eu chamava de amor.





Nenhum comentário:

Postar um comentário